Construindo seu próprio estilo

Muitos de nós estamos preparados para mudar o nosso modo de se vestir para algo melhor, e que tenha mais a ver com a nossa personalidade, a questão é que, às vezes não temos ideia do que vestir, aí bate aquela indecisão ou medo de arriscar e, nem sabemos por onde começar.

Afinal, a roupa transmite informações valiosas a respeito de nós, e devemos usá-la a nosso favor. Assim sendo, quando adotamos ou criamos um estilo próprio ao se vestir, criamos uma espécie de marca pessoal. Sim, querendo ou não, o modo que nos vestimos fala o que somos e o quanto cuidamos e gostamos de nós. Por isso mesmo, estilo pessoal é mais do que uma maneira de se vestir: é um modo de ser, de estar e de viver.

Por isso, devemos fazer opções de forma consciente, estratégica e planejada para fazer bem na hora de montar o look. Por isso, é fundamental escolher um estilo que mais nos identificamos, a função da imagem e mensagem que queremos transmitir.

Então separei algumas dicas para ajudar vocês na hora de se vestir.

  • Conheça seu corpo.

Esse é a parte que muita gente se confunde – ser magro ou ser malhado – como se ter estilo fizesse parte apenas de um tipo de corpo, o que é errado. Mas devemos entender que nem tudo que está na moda serve para todos.

Existem diversos tipos de roupa, portanto, devemos buscar sempre aquilo que entrará em harmonia com o nosso tipo físico. Por isso, é fundamental você conhecer bem seu corpo e saber aquilo que te aguarda nele. 

  • Seja você, sempre.

Não tem como você ter um estilo pessoal se baseando nos outros. Claro, inspirações sempre vamos ter, aliás, moda nada mais é que uma expressão e por isso, devemos usá-la de um jeito único é que transmita nossa personalidade. 

Confiança é algo fundamental para ter seu próprio estilo. Não adianta você usar aquela peça tendência – que está bombando no street style – sendo que você não se sente confiante em usá-la. Por isso, seja você, use algo que o deixe confortável e que se sinta bem ao sair de casa.

  • Tipos de estilo.

A moda masculina é composta por vários estilos. É fundamental você escolher um estilo que mais se identifique.

Casual: Um estilo clássico e mais popular entre os homens. Composto por peças atemporais e que sempre tem no armário masculino. Seja ela uma camiseta básica, calça jeans, pólo, jaqueta jeans, camisa, calça de sarja, tênis esportivo, sapatenis.

Rocker: Um estilo que ficou bastante conhecido pelas influências das bandas punk/rock desde a década de 1950. Composto por peças pretas, jaqueta de couro, camiseta de bandas, jeans destroyed e claro, muitos acessórios. 

Elegante: É aquele estilo mais discreto, sem muitas estampas ou roupas chamativas, mas sempre muito chique. Composto por um bom terno, gravata, sobretudo, alfaiataria, tricô sapato social e muitas peças monocromáticas.

Criativo: São aqueles homens que gosta de se aventurar e é confiante, gosta de misturar cores, estampas e usa todos os tipos de tecido. Geralmente tem vários estilos misturados, tipo: calça de alfaiataria com camiseta estampada e sapato casual ou tênis.

Afinal, tem vários estilos no universo masculino é só você usar aquilo que mais te agrada e que, te deixe confiante. Claro, usando o bom senso, sempre! 

  • Invista nos acessórios.

Os acessórios é fundamental para dar aquele UP no look e deixá-lo mais bonito e moderno. Mas, os acessórios precisam estar em harmonia com o resto do look e também precisam ser compostas de maneira correta, caso contrário você corre o risco de ficar com um visual over.

    • Recursos financeiros.

    É possível se vestir bem sem gastar tanto? Essa é uma pergunta que muita gente faz. 

    Com certeza, você não precisa ser rico para ter um estilo legal. Claro, se você quiser alcançar um patamar mais alto – All of Saint Laurent ❤ – com peças de qualidade melhor, vida útil maior e uma certa “exclusividade”, prepare-se para investir. 

    Hoje em dia o mercado da moda é gigantesco, principalmente com as lojas de departamento espalhadas pelo mundo, então você terá muitas opções para se vestir bem pagando pouco.

    Basicamente a chave de tudo é: pesquisar, combinar, criar e ousar.

    Analise, considere e veja quais são as peças que ficam bem em você e que, te deixe confiante.

    E aí, gostaram das dicas?

    Anúncios

    Tênis esportivo: New Balance

    Os tênis esportivo sempre foi muito presente no armário masculino, e hoje em dia ele tornou-se um calçado indispensável dos fashionistas. Os tênis New Balance por exemplo, fez a cabeça dos homens no Brasil e no mundo, pela cartela cores e formato que tem uma leitura dos anos 80, deixando assim os tênis charmoso e único, além de ser super confortável.

    Isso sem contar a sua versatilidade (fica super cool até com alfaiataria), pois você pode tranquilamente ir ao bar com os amigos ou malhar com um New Balance, com seu ar minimalista e vintage. ❤

    Veja alguns combos produzidos pelo diretor de arte Phil Cohen de como usar seu New Balance.

    Tendências para o verão

    Acabou as semanas de moda masculina (verão 2018), que começaram em junho e terminou esta semana aqui pelo Brasil com a SPFW 44. Sabemos que a moda masculina não é a mesma das passarelas, mas muitas das coisas que usamos no cotidiano acaba vindo de lá.

    E vimos tanto nos desfiles como no street style tudo que vai estar em alto neste verão, alguns tendências já estamos acostumados a ver por aí e que continuam com tudo pro verão de 2018. As influências dos anos 90 com cortes mais oversized e estampas típicas da época continuam ganhando cada vez mais destaque e força nesta temporada.

    • Track clothing: 

      Que nada mais é do que conjuntos esportivos (sabe aqueles conjuntos mara da Adidas, Nike e Puma, então…) São camisetas, calças e jaquetas próprias para a prática de esportes. Essa trend traz conforto e praticidade à qualquer produção e o bacana é apostar no conjunto esportivo e por cima sobrepor com uma jaqueta jeans que fica super cool.

      • Estampa com escrita: 

        A trend das camisetas, camisas e moletom com escrita impera no street style do exterior e começa a aparecer por aqui. São peças com frases, palavras e logo da marca estampadas.

        • Estampas tropicais: 

          Essa trend é cara da estação e que também tem seu lugar garantido neste verão. Mas como esse tipo de estampa costuma chamar muita atenção, ela precisa ser a peça principal do seu look e as outras peças precisam ser neutras, ou seja, em tons como preto, branco, marrom e bege ou em cores complementares às da estampa.

          • Calças semi baggy: 

            E para quem gosta de conforto, essa trend que foi febre nos anos 90 e que desta vez voltou com tudo para moda masculina. Ela vem com uma modelagem mais ampla e solta para fazer um looks mais confortáveis e descontraídos. Vale também dobrar um pouco a barra, deixando o tornozelo à mostra para deixar sua produção mais moderna e cool.

            • Tons pastéis:

              Outra trend que é a cara do verão, e que desta vez não poderia ser diferente, né. A suavidade dos tons pastéis proporciona um visual casual-chique, mas é possível ousar um pouco mais, basta misturar um pouco mais as cores. Os tons aparece em tudo: camisetas, camisas, calças, jaquetas e nos calçados, então abuse dela sem medo de errar. 

              • Shorts:

              Os shorts está cada vez mais presente e aparente nos desfiles e street style. A tendência está nos modelos menores (os mini shorts), que ganharam fama nos anos 70, de tecido de alfaiataria e mais solto. 

              João Pimenta – SPFW 44

              Desde que João Pimenta começou na moda masculina, eu fui ficando cada vez mais fã do seu trabalho. Aliás, acho ele um dos maiores nomes da moda masculina no mundo. Pimenta não segue os padrões tradicionais da moda que estamos acostumados a vez por aí, e neste SPFW n° 44 não poderia ter sido diferente.

              Aliás João, se quiser pode me mandar todas as peças, eu ficaria muito feliz.

              Alfaiataria fetichista” assim foi o desfile do João Pimenta no SPFW 44.

              No começo do desfile vemos muita transparência, branco e rendas chantilly fizeram contraste com detalhes em metal em jaquetas encurtadas e shorts na altura do joelho.

              Depois começa os bordados de cruzes invertidas, pentagrama, labareda e estrela de Davi em jaquetas esportivas, além de correntes no pescoço (que lembram uma referência sadomasoquista) e fechando blazeres de alfaiataria.

              Fitas soltas decoraram os casacos de referência militar e peças
              oversize em linho tem sua vez no desfile.

              Tons de vermelho e preto (que tem referências às pombas gírias) em calças largas e tops justos. Calças de cintura baixa, máscaras de couro fetichista, shorts curtos e justos completaram a coleção de João Pimenta.

              Biker on street

              Jaqueta de couro: tem peça mais coringa do que essa para o dia-a-dia?

              Desde os Ramones a jaqueta de couro se tornou um escape para a alfaiataria cool. Atualizar o clássico estilo rebelde usando a sua jaqueta com uma camiseta estampada, jeans skinny e correntes prateadas (uma boa jaqueta de couro só melhora com o tempo.)

              Uma jaqueta biker não precisa ser usada somente com o guarda-roupas de inverno. Para dias mais amenos combine a sua jaqueta com tons que lembram a natureza. Mantendo a sua paleta de cores pura usando uma clássica calça chino creme com uma leve camiseta henley de mangas longas. Experimente um cardigã marinho como uma camada extra quentinha.

              O maximalismo garante um visual de alto impacto, abasteça o guarda-roupas com acessórios de peso para complementar a sua jaqueta. Mantendo o ar rústico e descontraído ao misturar acessórios como o chapéu de cowboy, óculos de sol aviador e lenços com estampa de bandana com o jeans básico fica super cool.

              Basic

              O estilo normcore (que está há algum tempo em alta), que nada mais é do que um street style básico, despojado e confortável, e que já foi tratado como uma tendência usada pelos “fora de moda”, logo adquiriu status, sendo considerado pelos fashionistas uma excelente opção para produções.

              Mas look básico nem sempre quer dizer simples, muito menos desleixado. Pelo contrário, porque dá pra montar uma produção bastante COOL usando somente peças básicas: oversized, sem logotipos, moletons, camisetas e camisas básicas, longline, tecidos confortáveis com caimentos mais leves e despretensiosos, sandálias com meias, tênis, casacos amarrados na cintura, jeans estilo anos 80 e acessórios minimalistas.

              E, as cores predominantes nessas composições são as neutras , cruas, tons de azul, cinza e os clássicos PRETO e BRANCO. Essas são peças curinga que todos nós temos no armário.

              Então separei alguns produções básicos, para vocês se inspirarem.

              basic-style-coolture

              basic-1-style-coolture

              basic-2-style-coolture

               

              All black

              black-is-the-new-black-style-coolture

              Lembrar quando Coco Chanel lançou seu ‘’Little black dress nos 1920s?” A cor preta que tinha um significado de luto e que virou sinônimo de elegância e poder (peça que agora é chave em qualquer guarda roupa masculino.) Desde então, o look all black vem se reinventa a cada temporada. E as peças não é somente para aqueles que curtem um visual mais dark, mas sim uma tendência clássica e atemporal.

              E quem disse que o look all black deve ser usado somente no inverno? Vocês estão completamente enganados. O total black pode ser usado em qualquer estação e fica super COOL. Então gostaria de mostrar que essa cor não precisa ser sempre básica, e sim uma peça versátil que vai bem com tudo.

              all-black-style-coolture

              all-black-1-style-coolture

              all-black-2-style-coolture

              all-black-3-style-coolture

              all-black-4-style-coolture

              all-black-5-style-coolture

              all-black-6-style-coolture